Pular para o conteúdo principal

Lutero e a missão


http://jornalgospelnews.com.br/wp-content
/uploads/2011/04/LUTERO1.jpg

       Martinho Lutero, é por muitas vezes criticado por muitos estudiosos denominados “modernistas” de não ter se preocupado com a missão no mundo, pelo fato dele não ter proporcionado apoio e incentivo às agências missionárias do século XVI, que tinham o objetivo de levar o Evangelho para terras longínquas e povos não-cristãos. Para eles, o termo “missão”, era sempre relacionado com a geografia universal.
            Diante dessas acusações, e em preparo para a comemoração dos 500 anos da reforma luterana, que será lembrada no dia 31 de outubro de 2017, propomos a estudar o tema “Lutero e a Missão”.  Partindo sempre do conceito de Lutero do “Missio Dei”,  e através do estudo de seus escritos, apesar de não ter escrito algo restrito a este tema, Lutero   se mostra um missionário utilizado nas mãos do Senhor para realizar a sua missão (Missio Dei). 
            Durante o decorrer da História, Historiadores antigos, bem como alguns escritores mais recentes, têm desenvolvido uma visão negativa do reformador Martinho Lutero, quando se trata, do seu pensamento de ação missionária.  
            Apesar de não apoiar empreendimentos no estilo das sociedades missionárias medievais, o reformador Martinho Lutero foi fiel à ordem missionária de uma forma mais fundamental. Pois, visto que o Evangelho caíra no esquecimento dentro da cristandade, e levando em conta que, para Lutero os gentios eram aqueles que nunca tinham ouvido o Evangelho Puro pregado na Alemanha, a obediência missionária só poderia significar que se pregasse um “novo” Evangelho.
                  Para realizar a Missio Dei, Deus através do seu Espírito, treina e capacita missionários (Missio ecclesiae), que irão realizar a missão, através da pregação da Palavra e do seu testemunho de fé e amor a Deus e ao próximo, através do sacerdócio universal de todos os crentes. Seja na terra em que vive, ou em terras longínquas, seja no meio de cristãos ou não-cristãos, judeus ou turcos, o Espírito Santo sempre os guiará para a realização da Missio Dei. Pense nisso!!!!!!
 

Comentários

  1. Pois é... Ele tinha que arrumar a própria casa, para que, depois, os que viessem pudessem cuidar de anunciar o Evangelho da Salvação pela Fé em Cristo a outras regiões. Se os sucessores não o fizeram bem, a culpa não é do Martin...
    Ah, vc já está se preparando para os 500 anos de 2017???? Nó!
    Um abraço,
    Cesar

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Educação em Lutero uma abordagem ainda para o século 21

            Neste trabalho estaremos analisando dois escritos de Lutero que constam nas Obras Selecionadas (v. 5): Aos conselhos de todas as cidades da Alemanha para que criem e mantenham escolas cristãs (1524) e Uma prédica de Martinho Lutero para que se mandem os filhos para a escola (1530). O objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento teológico de Lutero dentro do assunto “Educação” conforme esses escritos de épocas distintas. Após o estudo e comparação destes dois escritos não pude perceber um desenvolvimento teológico significativo em Lutero. Talvez isso se deva a proximidade da data e por estarem os dois escritos no período do “Lutero adulto” (ou seja, depois de 1519). Também é difícil analisar o desenvolvimento teológico de Lutero em um assunto que não é propriamente “teológico”.             Porém, essas obras são de suma importância para a cristandade e a história da educação. Percebemos nestes escritos o valor que Lutero dava à educação, principalmente como p

Luterano, Luterana significado, fácil de buscar.

Luterano, Luterana significado, fácil de buscar. Os termos “luterano significado”” Reforma Luterana”, para entender temos que olhar para o passado, no século XVI, devido a divisão na Alemanha entre Católicos e Protestantes, claro que o fator da divisão foi doutrinário, como podemos observar na Dieta de Worms . Termos como Luteranismo, As confissões Luteranas, Livro de Concórdia de1580 , Igreja Evangélica Luterana do Brasil, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, são retiradas desta divisão doutrinária. A religião luterana no Brasil está a mais de 100 anos, dívida entre duas igrejas herdeiras dessa reforma, há Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB), http://www.ielb.org.br/home/ , e a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), http://www.luteranos.com.br/ . Marca do Luteranismo é a educação, mesmo aqui no Brasil, basta fazer uma busca com os termos “ luterano ferraz ”, “ luterano analia franco ”, “ ULBRA ”, “ Colégio Concórdia ”, “ instit

Reforma Hoje. Um olhar através dos tempos 1 parte.

Reforma Hoje. Um Olhar Através Dos Tempos 1 parte O texto abaixo é  extraído  de um artigo, numa cadeira de catecismo do S eminário   Concórdia  de São Leopoldo RS. Reforma Hoje. Gene Edward Veith      Através de quase todo o século XX, a maior questão teológica foi a chamada "Batalha pela Bíblia". Começando com o conflito entre modernistas e fundamentalistas, a igreja na América vem sendo agitada por uma divisão entre aqueles que acreditam que os ensinos da Bíblia devam ser julgados de acordo com as mais recentes tendências intelectuais e culturais e aqueles que crêem na iner-rância da Escritura. Ao longo de quase todo o século, teólogos liberais, armados com a metodologia crítico-histórica e o prestígio da classe intelectual, batalharam contra os evangélicos, que insistiam na realidade da inspiração divina e no evangelho sobrenatural.        Em meio às violências de cismas denominacionais, seminários para expurgo e divisões de igrejas, os modernist