Pular para o conteúdo principal

Lutero - Os mandamentos


http://www.livrosepessoas.com/wp-content/uploads/2011/05/10-mandamentos.jpg

Primeiro Mandamento: Sobre este mandamento, Lutero nos lembra que ter um Deus, não é nada mais do que crer e confiar nele de todo o coração. Sendo assim, fé e Deus não podem estar separados, por isso o objetivo deste Mandamento é mostra que existe apenas um Deus Verdadeiro a quem devemos adorar.
Todo outro tipo de adoração, como por exemplo: adoração a Santos, ídolos, ao dinheiro e a si mesmo, são formas de ignorar o que aprendemos neste Mandamento.
Segundo Mandamento: Este mandamento, na visão de Lutero, nos ensina a como usarmos a nossa língua, quando nos referimos a Deus, isso por que a primeira coisas que brota do coração e se manifestam, são palavras. Na verdade, Deus não está proibindo de usarmos o Seu Nome, mas proíbe de usarmos de maneira falsa, de maneira que justifiquem mentiras e vícios.
Cada um de nós pode avaliar muito bem, quando está usando de forma errada o Santo Nome de Deus, visto que diante do nosso próximo, podemos fazer juras falsas, mas diante de Deus, todas elas serão descobertas.
Resumindo em poucas palavras, é que não se deve jurar, para fazer o mal para os outros, todavia se o juramento for para o benefício, pode ser feito com certeza, pois se trata de uma boa obra onde Deus é louvado.
Terceiro Mandamento: Um dos motivos para guardarmos este mandamento é de ordem corporal, ou seja, para se ter um descanso tanto para o corpo quanto para a mente. Além do mais, este é um dia em que devemos nos ocupar com a participação no culto publico.
O “santificaras o dia do descanso”, nada mais é do que viver de maneira santa e agradável a Deus, já que o dia em si, já foi santificado por Deus. Em resumo, devemos observar diariamente este Mandamento, nos ocupando apenas com tudo o que nos faz lembrar o criador. Portanto o objetivo deste mandamento é fazer com que nos ocupemos, destes dias com o estudo da Palavra de Deus, deixando que ela se faça presente em nossos corações.
Quarto Mandamento: Deus colocou o estado paterno e materno acima de todos os estados que estão de baixo de Deus. Não exige neste Mandamento, apenas amar os pais, é preciso, honrá-los e respeitá-los. Também colocou os pais em posição de destaque em relação a outras pessoas, como por exemplo, professores e governo, os quais também devem ser respeitados.
Quinto mandamento: O matar proibido aqui neste mandamento, não é apenas no sentido físico onde se tira a vida de uma pessoa. Este mandamento também proíbe matar com o coração, com a boca, com sinais e gestos. Ou seja, não se deve fazer o mal a ninguém.
A causa e necessidade desse Mandamento é que Deus sabe muito bem que o mundo é mau e que muita desgraça existe nesta vida. Deus, como um Pai amoroso, vem até nós, e interage, a fim de impedir que façamos qualquer desgraça ao nosso próximo.
Sexto Mandamento: Assim como nos outros mandamentos, se proíbe fazer o mal ao próximo, este Mandamento, também proíbe. Os atos proibidos, não são apenas físicos, mas que também o coração, os lábios e o corpo, sejam castos e não dêem chance a incastidade. 
O que se exige, portanto, é que cada um viva a sua vida casta e ajuda o seu próximo a fazer coisa semelhante. Deus quer que o cônjuge de cada um, seja protegido, para que ninguém de modo desonesto e desrespeitoso tente se apossar dele.
Sétimo Mandamento: Na visão de Lutero, furtar é se apoderar de forma desonesta de bens alheios. E disto já na época de Lutero o mundo estava cheio; inclusive, neste escrito, ele cita exemplos de jornaleiros, artesãos, operários, comerciantes e outros profissionais que eram infiéis em suas profissões o que sem duvida alguma, também é uma forma de roubo.
Oitavo Mandamento: Este mandamento defende a honra e a boa reputação de nosso próximo. Em primeiro lugar, que cada um ajude o seu próximo a garantir os seus direitos. Para isso, Deus proíbe que falemos mal de outra pessoa, mesmo que este seja culpado de algo e a gente saiba de tudo, e muito menos, quando este não deve nada. 
O sentido geral deste mandamento, é que ninguém deve causar dano ao próximo, com a língua, mesmo sendo amigo ou inimigo, nem deve falar mal dele. Cabe, portanto, que usemos nossa língua, para falar bem de todos, encobrir suas fragilidades e embelezar a sua honra.
Nono e Décimo Mandamentos: Deus acrescentou estes dois Mandamentos, para mostrar a todos que pensam que cumprem os outros Mandamentos, que a cobiça a tudo o que pertence ao próximo também é pecado. E que também neste aspecto, transgridem todos os outros mandamentos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sábado Santo

"Durante o Sábado santo a Igreja permanece junto ao sepulcro do Senhor, meditando sua paixão e sua morte,  sua descida à mansão dos mortos e esperando na oração e no jejum sua ressurreição   (Circ 73). No  dia do silêncio  a comunidade cristã vela junto ao sepulcro.  Calam os sinos e os instrumentos. É ensaiado o aleluia, mas em voz baixa. É o dia para aprofundar. Para contemplar. O altar está despojado. O sacrário aberto e vazio . O Sábado é o dia em que experimentamos o vazio. Se a fé, ungida de esperança, não visse no horizonte último desta realidade, cairíamos no desalento: "nós o experimentávamos…", diziam os discípulos de Emaús. É um dia de meditação e silêncio. Mas não é um dia vazio em que "não acontece nada". Nem uma duplicação da Sexta-feira. A grande lição é esta: Cristo está no sepulcro, desceu à mansão dos mortos, ao mais profundo em que pode ir uma pessoa. E junto a Ele, como sua Mãe Maria, está a Igreja, a esposa. Calada, como ele. O

Luterano, Luterana significado, fácil de buscar.

Luterano, Luterana significado, fácil de buscar. Os termos “luterano significado”” Reforma Luterana”, para entender temos que olhar para o passado, no século XVI, devido a divisão na Alemanha entre Católicos e Protestantes, claro que o fator da divisão foi doutrinário, como podemos observar na Dieta de Worms . Termos como Luteranismo, As confissões Luteranas, Livro de Concórdia de1580 , Igreja Evangélica Luterana do Brasil, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, são retiradas desta divisão doutrinária. A religião luterana no Brasil está a mais de 100 anos, dívida entre duas igrejas herdeiras dessa reforma, há Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB), http://www.ielb.org.br/home/ , e a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), http://www.luteranos.com.br/ . Marca do Luteranismo é a educação, mesmo aqui no Brasil, basta fazer uma busca com os termos “ luterano ferraz ”, “ luterano analia franco ”, “ ULBRA ”, “ Colégio Concórdia ”, “ instit

Paulo Santana - Novidade teratológica

https://encrypted-tbn3.google.com/ images?q=tbn:ANd9GcSDhr2bCt0N9gm wQgyFSuchQ996PizcsStMUB5I5irC5xroUkt- * Texto publicado na página 47 de Zero Hora desta quinta-feira (23) Desculpem, mas não existe assunto melhor do que este: em São Sepé, esta semana, um cão que tem no sangue a mistura de pitbull com rottweiler botou para fora de casa uma família inteira, depois que a proprietária foi ameaçada por ele e conseguiu fechar a porta da casa e fugir do lar. Isto apenas uma semana depois que um cão, também uma cruza de pitbull com rottweiler, matou a dentadas um menino em Capão da Canoa. Eu pergunto: o que tem na cabeça uma pessoa que cruza pitbull com rottweiler? O que tem na cabeça? Sei bem o que pensa. Pensa que tem uma arma mortífera em casa, mas quer uma arma mais mortífera ainda. E cruza as duas raças, revelando uma megalomania incrível, autodotando-se de um superpoder. Teratologia (monstruosidade) pura. Informa-me o Cyro Silveira Martins Filho que os pitbulls são descendente