Pular para o conteúdo principal

A figura do Pastor. Quem é esta pessoa que representa Cristo hoje.

A Figura do Pastor.

A PESSOA DO PASTOR


 Quem é esta figura central que esta diante de nós, representando a autoridade eclesiástica?
A Figura do Pastor na pratica.
Desafiado a cumprir os propósitos de Deus através da administração pública dos meios da graça. Que lida com o poder misterioso de Deus que age na água, no pão, no vinho e nos vasos de barro. Não foi sem razão que algumas pessoas chamaram o ministério pastoral como o mais alto ofício. O candidato honesto ao ofício pastoral sabe que o ofício, e não ele mesmo deveria estar no pedestal. Mesmo antes de servir no ministério, ele sente suas inadequações pessoais. Ele contempla tanto as possibilidades ilimitadas do ministério, como as numerosas obrigações que o ministério colocará sobre ele. Ele é simultaneamente esmagado e encorajado pela amplidão do ministério pastoral, que envolve:
Atender aos cuidados próprios das congregações contemporâneas;
Combinar uma interpretação da revelação de Deus para o homem com  modos de pensar atuais;
Providenciar cuidado pastoral terapêutico;
Saber onde procurar recursos práticos e teóricos tanto imediatos como de longo alcance; e habilmente levar uma sabedoria teológica e perspicaz para as vidas das pessoas que procuram ter em mente que elas estão no mundo embora não sejam dele.
A Figura do Pastor oculpa.
O Ministério pastoral se estabelece sobre dois eixos principais: O relato bíblico e o contexto atual. “O fundamento do trabalho pastoral repousa na palavra de Deus.”   
Luterano-religar...
Luterano-religar...
O ministério depende totalmente dos meios da graça, os quais, sozinhos, criam e sustentam a vida em Cristo. Qualquer apelo público, que confere ao cristão qualquer grau por causa de seus próprios esforços, não pode, de nenhum modo, ser considerado pastoral. Lutero nos afirma: “Portanto, o episcopado na Igreja é uma obra boa, um ofício muito bom, que possui em si muitas boas obras” .É certo que a habilidade e o esforço humano podem servir a uma comunicação mais eficaz, mas eles não podem produzir conversão à fé salvadora, a qual, sozinha, traz o fruto da vida cristã. Portanto, manifestações visíveis não são em si mesmos critérios válidos para verificar se há sucesso. O pastor deve ser cauteloso para não adotar, sem questionamento, metodologias seculares, expedientes pragmáticos e, pior ainda, recorrer a truques na tentativa de obter sucesso em seu ministério. A justificação e a resultante santificação vêm somente através da fiel administração e uso dos meios da graça. Somente o Evangelho - Palavra e Sacramento - sustenta os filhos de Deus na fé salvadora e os equipa para viver como povo de Deus.
Luterano-religar...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação em Lutero uma abordagem ainda para o século 21

            Neste trabalho estaremos analisando dois escritos de Lutero que constam nas Obras Selecionadas (v. 5): Aos conselhos de todas as cidades da Alemanha para que criem e mantenham escolas cristãs (1524) e Uma prédica de Martinho Lutero para que se mandem os filhos para a escola (1530). O objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento teológico de Lutero dentro do assunto “Educação” conforme esses escritos de épocas distintas. Após o estudo e comparação destes dois escritos não pude perceber um desenvolvimento teológico significativo em Lutero. Talvez isso se deva a proximidade da data e por estarem os dois escritos no período do “Lutero adulto” (ou seja, depois de 1519). Também é difícil analisar o desenvolvimento teológico de Lutero em um assunto que não é propriamente “teológico”.             Porém, essas obras são de suma importância para a cristandade e a história da educação. Percebemos nestes escritos o valor que Lutero dava à educação, principalmente como p

Reforma Hoje. Um olhar através dos tempos 1 parte.

Reforma Hoje. Um Olhar Através Dos Tempos 1 parte O texto abaixo é  extraído  de um artigo, numa cadeira de catecismo do S eminário   Concórdia  de São Leopoldo RS. Reforma Hoje. Gene Edward Veith      Através de quase todo o século XX, a maior questão teológica foi a chamada "Batalha pela Bíblia". Começando com o conflito entre modernistas e fundamentalistas, a igreja na América vem sendo agitada por uma divisão entre aqueles que acreditam que os ensinos da Bíblia devam ser julgados de acordo com as mais recentes tendências intelectuais e culturais e aqueles que crêem na iner-rância da Escritura. Ao longo de quase todo o século, teólogos liberais, armados com a metodologia crítico-histórica e o prestígio da classe intelectual, batalharam contra os evangélicos, que insistiam na realidade da inspiração divina e no evangelho sobrenatural.        Em meio às violências de cismas denominacionais, seminários para expurgo e divisões de igrejas, os modernist

Estado Islâmico é o lado oculto do Islamismo?

Estado Islâmico é o lado oculto do Islamismo?  Estado Islâmico, Islamismo, Maomé          Estado Islâmico é o lado oculto do Islamismo, fica sempre uma duvida até que ponto o ensino de uma religião pode influenciar o lado pecador do ser humano, ao ponto de não ter nenhum valor a vida de outro ser humano contrario as convicções religiosas. Já vimos na historia cidade e pessoas serem devastados por causa da fé. Vivemos dias em que a liberdade de ir e vir tão comum numa democracia serem motivos de prisões e o mundo assisti a tudo com conformismo.         O Islamismo já é a maior religião do mundo, com abrangência em vários países, uma infiltração silenciosa que causa medo a todos. Claro que uma pessoa não deve ser perseguida por causa de sua religião. Mas as guerras santas em nome de Alá, e as explicações e interpretações de Maomé, até que ponto é sagrada. Quando olhamos a fundo percebemos que no islamismo a figura de Jesus Cristo o filho de Deus aparece descrita, mas a sua o