Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lutero

Educação em Lutero uma abordagem ainda para o século 21

            Neste trabalho estaremos analisando dois escritos de Lutero que constam nas Obras Selecionadas (v. 5): Aos conselhos de todas as cidades da Alemanha para que criem e mantenham escolas cristãs (1524) e Uma prédica de Martinho Lutero para que se mandem os filhos para a escola (1530). O objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento teológico de Lutero dentro do assunto “Educação” conforme esses escritos de épocas distintas. Após o estudo e comparação destes dois escritos não pude perceber um desenvolvimento teológico significativo em Lutero. Talvez isso se deva a proximidade da data e por estarem os dois escritos no período do “Lutero adulto” (ou seja, depois de 1519). Também é difícil analisar o desenvolvimento teológico de Lutero em um assunto que não é propriamente “teológico”.             Porém, essas obras são de suma importância para a cristandade e a história da educação. Percebemos nestes escritos o valor que Lutero dava à educação, principalmente como p

Como orar? Lutero e as 14 consolações para um doente no seu leito.

 Como orar? Lutero escreveu as 14 consolações a Frederico o Sábio (príncipe eleitor da Saxônia). Frederico estava com 56 anos de idade quando adoeceu. Todos achavam que ele iria morrer. Então, a pedido de Espalatino, Lutero proferiu estas consolações. Lutero era protegido de Frederico. Ele precisava agora lidar com um assunto difícil. A morte. Neste, Lutero mostra-se um verdadeiro Cura D’almas, pois Frederico tinha muitas relíquias e imagens que julgava serem meios da graça. Lutero dá um novo significado a estas imagens. Diante de um retábulo que tinha 14 santos, Lutero coloca 14 imagens, sem as imagens dos santos, mas agora com a Imagem real de Deus. Lutero mostra que os santos não livram ninguém dos males. O sofrimento, a morte, os males e os bens não são frutos do acaso. Qualquer um pode tê-los. É preciso ver a realidade. Realidade esta que mostra que Deus está ao lado de quem sofre. Desse modo, Lutero leva Frederico do culto das relíquias a Cristo, com base na Pala

O pastor Lutero e sua contribuição para a teologia da pregação

Lutero-chave-Biblia: O pastor Lutero e sua contribuição para a teologia da pregação            Lutero-chave-Biblia. Neste conjunto de palavras vamos fazer a analise desta obra, Lutero O pastor, a mesma tem o objetivo de atrair pregadores para aprender cada vez mais sobre a chave para uma pregação na Bíblia.   Lutero é uma personalidade que, com o anúncio da Palavra, acordou, ressuscitou e redirecionou a vida da Igreja cristã, ele nunca ensinou que a proclamação da Palavra de Deus fosse tarefa exclusiva dos pastores.         Chave do ministério público (pastor) se distingue do sacerdócio geral (leigo) não pela competência, mas sim pelo chamado. O Pastor e leigos são Igreja e, como uma só equipe, estão envolvidos no cumprimento do Ministério da Pregação da Igreja e na construção do reino de Deus.          Admoesta e repreende os ministros que não exercem o seu ofício com responsabilidade, acusa, combate e condena os pregadores falsos e heréticos. E orienta, exorta e esti